segunda-feira, 25 de maio de 2009

Resenha #36 - J.R. Ward - Amante Escuro


Primeiro, pausa para reclamar.
PQP!! Prova de direito filha da puta!
Odeio, odeio, odeio direito previdenciário! Diabo de coisa cheia de buracos e regras confusas! arf!
***
Agora, vamos ao que eu li essa semana:
Finalmente li a série da Irmandade da Adaga Negra.
Durante a semana vou comentar os outros, mas vou logo falar do primeiro.
Sinopse: Nas sombras da noite, em Caldwell (Nova Iorque) se desenrola uma sórdida e cruel guerra entre os vampiros e seus carrascos. A Irmandade e seus caçadores e os assassinos. E existe uma Irmandade Secreta de seis vampiros guerreiros, os defensores de toda a sua raça. Nenhum deles deseja aniquilar a seus inimigos com tanta ânsia como Wrath, o campeão da Irmandade da Adaga Negra.
Wrath, o vampiro de raça mais pura dos que povoam a terra, tem uma dívida pendente com aqueles que, há séculos, mataram seus pais. Quando morre um de seus mais fiéis guerreiros, deixando órfã uma jovem mestiça, ignorante de sua herança e seu destino, não resta a ele outra saída senão levar a bela jovem para o mundo dos não mortos.
Traída pela debilidade de seu corpo, Beth Randall se vê impotente para resistir aos avanços desse desconhecido, incrivelmente atraente, que a visita toda a noite, envolto nas sombras. Suas histórias sobre a Irmandade a aterrorizam e fascinam... E seu simples toque provoca chispas de um fogo que pode acabar consumindo a ambos.


Adorei o livro! Amei, amei, amei!
Apaixonei completamente pela série! O Rei Cego é uma contradição completa!
Os livros todos são muito dramáticos, mas também românticos e cheios de suspense.
Daquele tipo que você quer comer as páginas pra saber logo o que vai acontecer, que tem que ficar segurando a ansiedade pra não pular pro final e saber no que deu tudo.
A Beth também é incrível. Passa por cada coisa no livro!
Todos os personagens apresentados são apaixonantes!!
As cenas de ação são muito bem escritas, a mitologia, no começo, um pouco confusa até você aprender todos os nomes e as relações que existem.
Ah, eu já disse que, pra completar a maravilha, são vampiros??
Algumas características clássicas, outras específicas.
Esses vampiros nascem assim, passando pela transformação entre os 20 e 25 anos. Bebem sangue, também, mas só do sexo oposto e de sua própria raça.
Quando mais você lê, mas você quer continuar lendo!
É ótimo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário