segunda-feira, 10 de maio de 2010

Resenha #59 - J.R. Ward - Amante Sombrio

Amante Sombrio é o primeiro livro da série Irmandade da Adaga Negra e um dos livros mais esperados de todos os tempos pelos fãs dos romances sobrenaturais.
Espero que com o sucesso dele as editoras brasileiras vejam que nós, leitoras, gostamos de romances sobrenaturais de verdade.
Mas pra você que nunca ouviu falar em J.R. Ward ou em Adagas Negras, vamos a algumas explicações básicas:

Vampiros: São de uma espécie diferente do Homo sapiens, criados pela Virgem Escriba. Se alimentam do sangue do sexo oposto de sua própria espécie. O sangue humano, pra eles, tem um efeito muito fraco e temporário.

A Irmandade: São vampiros guerreiros altamente treinados, que lutam contra a Sociedade Redutora, defendendo sua raça da extinção, maior desejo do Ômega.

Sociedade Redutora: É uma ordem de assassinos criada pelo Ômega com o objetivo de destruir e erradicar os vampiros.

Redutor: São os humanos membros da Sociedade Redutora. Perdem a alma ao entrar pra sociedade, passando a viver eternamente. Não comem, não bebem e são impotentes. São caracterizados pelo cheiro de talco de bebês e pela cor cinzenta da pele, cabelos e olhos.

Virgem Escriba: Força mística dos vampiros. É conselheira do Rei, guardiã dos registros e detentora de grandes poderes. Possuía o poder de um único ato de criação e, com ele, deu origem aos Vampiros.

Ômega: Força mística maligna, almeja a extinção dos vampiros por um ressentimento que tem contra a Virgem Escriba. É considerado o lado negativo do equilíbrio do mundo.

Alguns outros termos importantes são descritos no livro, fazendo com que você não fique perdido durante a leitura.

Agora que você já conhece alguns dos termos da estória, vamos ao que esperar do livro.
Amante Sombrio conta a estória do Wrath e da Beth, como os dois se conheceram, o início, a loucura e os perigos do romance dos dois. Todo o sofrimento das personagens, o passado deles, as dúvidas e as inseguranças fazem as cenas entre eles serem emocionantes, mesmo quando são os dois brigando ou se desentendendo.
O romance entre os dois personagens centrais é conturbado, cheio de tensão, dor e desespero. E absolutamente lindo.

A estória tem muitas cenas de ação, altas doses de humor ácido, tiradas super sarcásticas, personagens mal humorados, irritados e machos, no sentido mais cru da palavra.

Todos eles tem sérios problemas, os conflitos entre os machos chegam a ser engraçados de tão ríspidos.
Você não vai encontrar nenhum personagem perfeito ou totalmente certinho. Ora eles são fieis e companheiros, ora teimosos e turrões. Ora lutam pela salvação da espécie, ora conspiram pela morte de alguém importante.
Você não ficará entediado, não achará o livro batido e nada, nada do que você já leu sobre vampiros o preparou para o que vai encontrar na série da Irmandade.

Não é um livro para adolescentes e nem para quem não goste de cenas eróticas muito, muito bem descritas.
As cenas de ação não são de fácil leitura. Elas são rápidas, violentas e sangrentas, característica da guerra travada entre os Vampiros e os Redutores.

É um livro que te causa angústia, te deixa com a respiração acelerada e o sangue quente de paixão.
Siga meu conselho e não leia em público. Ou você passará os apertos de começar a chorar, xingar, rir e ou corar em público.

Esse eu realmente, realmente recomendo!

Sinopse: Nas sombras da noite, em Caldwell (Nova Iorque) se desenrola uma sórdida e cruel guerra entre os vampiros e seus carrascos. A Irmandade e seus caçadores e os assassinos. E existe uma Irmandade Secreta de seis vampiros guerreiros, os defensores de toda a sua raça. Nenhum deles deseja aniquilar a seus inimigos com tanta ânsia como Wrath, o campeão da Irmandade da Adaga Negra. Wrath, o vampiro de raça mais pura dos que povoam a terra, tem uma dívida pendente com aqueles que, há séculos, mataram seus pais. Quando morre um de seus mais fiéis guerreiros, deixando órfã uma jovem mestiça, ignorante de sua herança e seu destino, não resta a ele outra saída senão levar a bela jovem para o mundo dos não mortos. Traída pela debilidade de seu corpo, Beth Randall se vê impotente para resistir aos avanços desse desconhecido, incrivelmente atraente, que a visita toda a noite, envolto nas sombras. Suas histórias sobre a Irmandade a aterrorizam e a fascinam... E seu simples toque provoca chispas de um fogo que pode acabar consumindo a ambos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário