domingo, 16 de maio de 2010

Resenha #61 - Carol Lynne - Gravado em Ouro


Falar de livro da Carol Lynne é sempre motivo de muito alegria.
Primeiro porque desde a primeira linha que li dos livros dela, me apaixonei perdidamente pelo estilo, pelos personagens e pelas séries.
Vou começar com "Men In Love", que foi a primeira que li.Logo de cara vemos uma característica marcante da Carol Lynne: drama. Muito drama.
Os livros dela são todos dramáticos, em sua maioria MM*, todos com um bom suspense de fundo e absolutamente eróticos.

Somos apresentados a todos os principais personagens da série no primeiro livro e temos uma ligeira percepção de quais serão os relacionamentos que virão a acontecer nos próximos livros.

A Jenny é uma personagem complicada (como todas as boas personagens). Ora consegue resolver tudo sozinha (e até insiste nisso), ora só quer um colinho e um cafuné.

Os dois mocinhos tudebão desse livro são exatamente aquele tipo de homem que você definitivamente não encontra na esquina: fortes, leais, apaixonados, corajosos, etc, etc, etc... Então se você, como eu, é meio masoquista e gosta de ficar lendo livros onde os homens são tudo aquilo que você deseja e muito mais (e nunca encontra na vida real) você ficará bem satisfeita.

As cenas da Jenny lembrando dos abusos são de fazer pedra chorar. O aperto no peito e a dor no coração são inevitáveis.
As cenas entre o Jake e o Cree, sejam as de ação, de romance ou de completo e absoluto sofrimento, são encantadoras e cativantes.
Quando estão todos os SEALS juntos, nossa! Prepare o leque, porque só com muito vento pra acalmar o coração!

Ela é uma dessas autoras que fazem você se apaixonar pelos mocinhos e odiar intensamente os vilões. E esses são odiosos, irritantes e, infelizmente, espertos. Da até agonia de ler e aguentar os safados se "safando".
Não dá pra pegar um Carol Lynne e achar que você só vai rir ou só se inquietar na cadeira. Você vai chorar, seu coração vai ficar apertado, vai suar frio nas cenas de ação, torcer pra matarem o cara mau, se desesperar quando ele escapar de novo...
Pra quem nunca leu nada dela, é uma boa começar com essa série. Você terá uma boa ideia do que esperar de todos os outros livros, mesmo aqueles que a trama é completamente diferente.



Sinopse: Fugindo de seu padrasto, Jenny Barnes acorda em um hospital, para encontrar aos dois homens que tem amado por anos, seu irmão de criação, Jake e seu melhor amigo e amante Cree, que foram chamados ao seu lado, depois de anos de busca.
Jake e Cree sabem que esta é sua única oportunidade de recuperá-la, mas também sabem que ainda levando Jenny ao seu lar, seu novo rancho, nem sequer eles poderão manter a quem a machucou, longe.
O vil culpado não é outro que o pai de Jake, sua maldade não tem limites, e o corpo de Jenny leva gravado até onde pode chegar o desejo doentio.
Quando Jenny é novamente atacada, os rapazes sabem que se quiserem mantê-la segura e acabar com sua longa infelicidade deverão buscar a ajuda de seus melhores amigos. Eles como Jake e Cree foram Seals, agora devem idealizar um plano, para proteger a sua amada e capturar o pai de Jake.
Ao menos Jenny tem dois homens que a amam e a protegerão.
*MM: Acrônimo inglês para cenas homoeróticas masculinas.


Nenhum comentário:

Postar um comentário