sábado, 2 de outubro de 2010

Resenha #88 - Lisa Marie Rice - Midnight Man

Oie Gente!

Passei esse livro da frente da pilha depois de uma indicação de que ele era incrível.
E não é que ele é?
O livro é muito bem temperado, a estória tem um ritimo rápido e cheia de ação, fazendo da leitura uma aventura ótima.
É um romance erótico, envolvente e delirante.
Os personagens se encontram, se conhecem e tem o encontro amoroso mais intenso, frenético e explosivo dos últimos tempos.
Mas não é um encontro amoroso qualquer, daqueles que você diz boa noite, deita e dorme.
Nope!
A coisa é tão intensa, tão alucinante... que faz o coração disparar, a respiração falhar e o corpo, tremer.
O suor escorre pelo corpo na mesma proporção que  a paixão animal aumenta e o prazer é tão intenso que beira a dor.
Já deu pra ter uma ideia da intensidade da coisa, né? 

Os dois personagens são opostos completos, fazendo tudo ficar ainda mais intenso. Suzanne é uma designer de interiores que tem uma vida pacífica e controlada tediosa  e John é um ex-seal que está expandindo a empresa. Ele aluga parte do prédio dela e fica tomado pela luxúria assim que a vê. E nesse instante de paixão avassaladora ele decide que ela será dele. Ai, ai...

Para compensar toda essa luxúria animal, Suzanne se vê repentinamente alvo de assassinos profissionais. Os dois precisam correr contra o tempo pra descobrir quem a quer morta. E será uma fuga alucinante!
A estória tem momentos super engraçados, emotivos e suaves, como a cena dos dois na véspera de Natal.
Também tem partes que farão você sofrer, quando descobertas repentinas podem mudar o futuro dos dois para um rumo que nenhum deles imaginava.

Então, se você gosta de um bom romance erótico, com um toque de ação, leia Midnight Man. Você vai amar!

O livro não foi publicado no Brasil, mas foi traduzido por um grupo de fãs.

Até a próxima!

Sinopse: O novo cliente da decoradora de interiores Suzanne Barron é o homem mais perigosamente sexy que conheceu em sua vida. O comandante da marinha John Huntington, um antigo Seal (aliás, “Midnight Man”) trabalha melhor na escuridão. A poucas horas de conhecê-lo Suzanne tem sexo selvagem e sem inibições com John, depois entra em pânico pela profundidade de sua apaixonada resposta a um guerreiro tão poderoso e perigoso. Suzanne não é das que têm esse tipo de sexo. John é, definitivamente, alguém a quem tem que evitar para sua tranqüilidade de espírito. Mas quando os assassinos vêm atrás dela, Suzanne sabe que só pode recorrer a um homem. John cuidará dela e a protegerá. Mas quem a cuidará e a protegerá de John?

Nenhum comentário:

Postar um comentário