terça-feira, 20 de setembro de 2011

Resenha #181 - J.R. Ward - Amante Consagrado

Oie Gente,

A resenha de hoje é de mais umas daquelas séries que eu adoro: A Irmandade da Adaga Negra, com os Vampirões mais gostosões de Nova York.
Mas antes de tudo... se você não leu os livros anteriores, pare aqui mesmo.
É impossível falar desse livro sem soltar spoilers dos livros anteriores.
Só continue a leitura da resenha e você os leu ou não se importa com spoilers!

**********

"Amante Consagrado", 552 páginas, Universo dos Livros, é o livro do Phury e da Cormia e é um romance bem complicado de ler.
Antes de você pegar para lê-lo, tem que escolher qual será seu pré-posicionamento  com relação ao problema do Phury.
Se você já leu os livros anteriores, sabe de qual problema eu estou falando. Se não leu, bem... eu avisei dos spoilers...
Se for com a mente fechada, prendendo-se às fraquezas dele, sofrerá bastante em muitos momentos do livro.
Se tentar manter a mente aberta ao problema com as drogas, terá um exemplo interessante de motivação e superação. Verá uma batalha árdua, que nunca se esperaria de um ser tão poderoso quanto um dos Irmãos.

"Amante Consagrado" é um daqueles livros que você ama e odeia.
A dualidade da estória não permite que você vivencie apenas um dos sentimentos.
Nele a Ward nos apresenta várias explicações, reviravoltas, personagens novos, romances, sexo e violência.
São tantas informações que é até difícil conseguir falar de todas elas. Vou tentar falar de algumas e dar uma ideia do que você vai (padecer) encontrar nele.

Guerra: Como vocês sabem, depois que o Butch se tornou o Destruidor, a Guerra parecia estar mudando completamente, com a vantagem para o lado da Irmandade.
Mas aíii, aquele mala do Ômega (que começou toda essa guerra para implicar com a irmã) me aparece com uma novidade envolvendo uma das pestes que já conhecemos e vira tudo de cabeça para baixo.

Phury e Cormia: Como vocês sabem, em mais um daqueles momentos "Eu vivo em prol dos outros", o Phury assumiu o cargo de Primaz. Tomou Cormia como sua Primeira Companheira e trouxe ela para o mundo real, dando nela O Choque de cultura e realidade e simplesmente largando ela pra lá.
Como uma (não tão) boa Escolhida, ela passa a maior parte do tempo dela afastada de todos, escondida no quarto.
Confesso, mesmo entendendo o quanto nossa realidade pode ser difícil para ela, em muitos momentos eu queria estrangula-la. Quando achei que a coisa ia engrenar e ela ia por as garras para fora... ela desanda e se recolhe totalmente outra vez.
E nosso querido Phury, no que se refere as Escolhidas, a Cormia só falta dar na cabeça dele com a solução e ele só percebe o que ela queria dizer quase 400 páginas depois! Fale-me sobre ser lento!

Por outro lado, conhecemos bem mais sobre o passado dele (e também temos muitas cenas dele de oh meu Deus, como eu sofro!!) e vemos ele cair no fundo do fundo do poço das drogas. Ele chega a tal extremo que todos ao redor dele só podem ter atitudes extremas em retorno. É demais da conta de triste, viu?

Zsadist: Gente, dá uma peninha do Z! Além do pavor que ele esta vivendo com a gravidez da Bella, ainda me aparece o Phury com uma crise de "ninguém me ama, ninguém me entende".
Eles tem uma briga daquelas de deixar você com o coração a mil e nosso amado Zsadist até manda o Phury "descer da porra da Cruz, porque alguém pode estar precisando da madeira dela".
Tá, tá, não tem o porra lá no parágrafo, mas tem no original. Sim, sim, eu não entendo também porque a editora optou por tirar o palavrão de um livro adulto, mas né...
Agora, sendo o Z a dicotomia que ele é, a última cena dele vai fazer você morrer de chorar. É a-b-s-u-r-d-a-m-e-n-t-e linda de morrer! Se você é do fã-clube dele, há há, prepare-se!

John: Nesse livro eu  gostei mais do John do que antes... acho que é porque todo mundo reclama tanto do livro dele (que eu ainda não li), que sempre acabo ficando com o pé atrás com o bendito.
Estou louca, alucinada, ensandecida para ele desvendar logo os flashs de memória e todo mundo ficar sabendo de tudo.

Rehvenge: Genteeeemmm, adorei tooodoosss as participações do Reverendo! Amei, amei, amei tudo!
Amei ele malvadão, amei ele irmão preocupado, prostituto, amigo, bocó, herói... amei, amei!
Adorei todos os detalhes sórdidos que a Ward me deu sobre o macho, sobre o passado, presente e "ele-no-meu-futuro" já! hehehe

Tem Blay e Qhuinn saindo do limbo (finalmente!!) e uma cena comovente do Qhuinn desejando tudo de felicidade no mundo pro Blay e jurando que qualquer um que ousar fazê-lo sofrer vai se entender com ele!

Vocês podem imaginar como eu fechei o livro, né? Canceriana chorona até a alma (com carteirinha e orgulho), eu quase morri em várias das cenas.
Em vários momentos eu queria matar os personagens, esganar a autora e afogar a Virgem naquela fonte sagrada...em outros eu queria pegar eles todos no colo e abraçar até fazer a dor passar.
Enfim.... deu para terem uma ideia do que achei do livro e porque amei e odiei ele?
Então, aproveita que esta aí e comenta!
Quem sabe rola uma promoção??

Beijos!

Conheça os outros livros da série:

Amante Liberto
 
Participe do sorteio da Coleção IAN.


Sinopse: Nas sombras da noite de Caldwell, Nova York, desenvolve-se uma furiosa guerra entre os vampiros e os seus assassinos. Há uma Irmandade secreta, sem igual, formada por seis guerreiros vampiros, defensores de sua raça. E agora, um Irmão obediente deve escolher entre duas vidas... Ferozmente leal à Irmandade da Adaga Negra, Phury se sacrificou pelo bem da raça, convertendo-se no macho responsável por manter a linhagem da Irmandade. Como o Primaz das Escolhidas, ele será o pai dos filhos e das filhas que assegurarão que sobrevivam as tradições da raça, e, que haja guerreiros para lutar contra os redutores. Como sua companheira, a Escolhida Cormia quer ganhar não só o corpo, mas também o coração de Phury para si... Ela vê o guerreiro emocionalmente deteriorado atrás de toda sua nobre responsabilidade. Mas enquanto a guerra com a Sociedade Redutora se torna mais severa, uma grande tragédia abate a mansão da Irmandade e Phury deve decidir entre o dever e o amor.

Um comentário:

  1. [...] Apoio Universo dos Livros – Amante Revelado, Amante Desperto, Amante Consagrado, Amante Libertada + Marcador IAN; Foto do [...]

    ResponderExcluir