sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Resenha #187 - Nora Roberts - Megan

Oie Gente!


A resenha de hoje é do quarto livro da coleção "As Irmãs Calhoun" e conta a estória de Megan, irmã do Sloan e que aparece no livro da Amanda quando o passado da Suzanna veio a tona.


Ela chega com o filho, Kevin, para morar nas Torres e trabalhar na nova pousada. Teve uma grande desilusão amorosa quando era muito nova e não confia nos homens e nem mesmo quer um novo amor.


Até que ela conhece Nathaniel. *pausa para os suspiros*. Ele é um ex-marinheiro que já morou na ilha quando criança e que voltou para lá depois de muitos anos fora.
É o ex-marinheiro-durão mais fofuxo de todos os tempos!


Ele se encanta com ela e vai ter que lutar uma batalha enorme para convencer a Megan que foram feitos um para o outro!


Esse livro foi o que eu mais gostei da série, já que a Nora conseguiu equilibrar perfeitamente o clima místico com a realidade.


 O contraste entre o clichê da mulher-magoada-fechada-para-o-amor com a suavidade da Megan é apaixonante.


 Assim como a docilidade e violência extremas das quais  o Nathaniel é capaz.


Ah, o parágrafo a seguir contém um spoiler. Só selecione o texto depois da seta se quiser lê-lo!


Tem uma cena em particular, onde ==> ele e a Megan estão deitados juntos e ele está enlouquecido de tesão, tentando conter sua necessidade por não querer machucá-la. Ele acha que, por ser um homem enorme e ela uma mulher minúscula, seu arroubo de paixão acabará por machucá-la e ele precisa defendê-la contra isso.


Não tem como não se apaixonar por esse livro.


Já tinha gostado dos dois primeiros, ficado encantada com o terceiro. Aí caí completamente apaixonada pelo quarto.


Recomendo!


Sinopse: Megan O'Riley não poderia ser mais grata. Ela e seu filho haviam sido aceitos pelas Calhoun e recebido a oportunidade de construir uma vida nova. Faltava apenas deixar para trás o passado que tanto a envergonhava, abraçar o presente e se tornar mais confiante no futuro. Afinal, ainda que seus dias agora fossem embalados por uma nova melodia, Megan ainda se sentia insegura para se despir de sua couraça profissional e deixar sair do casulo a mulher adormecida havia tantos anos por conta de um amor traiçoeiro... e do amargo fim de uma ilusão.

5 comentários:

  1. Eu não consigo acompanhar a Nora, não consigo nem acompanhar a Bertrand e muito menos a Bah, kkkkkk
    Essa coleção eu ainda não tenho :(
    Mas já li várias resenhas e tenho certeza de que mais uma vez nossa diva arrasou...
    Já disse que a-m-o suas resenhas da Nora né? Só pra eu ficar mais louquinha...
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Eu tenho que ler os spoilers? Putz! Que livro é esse??? O que eu tô fazendo aqui parada ao invés de estar lendo as As Irmãs Calhoun???

    Mais  uma vez, quero leeeerrrr! Nunca li nada de marinheiros, eles são legais?

    rsrs

    Abs.

    ResponderExcluir
  3. hahahahah
    A Nora eu não consigo acompanhar... a única pessoa que eu conheço que consegue é a @rosanagutierrez:twitter !! Ela dá conta de acompanhar por lá hihihi

    ResponderExcluir
  4. Você é das que gosta de sofrer, né? Lê os spoilers tudo hahahahaha

    ResponderExcluir
  5. Bárbara!
    Acredita que ainda não li nenhum livro da Nora?
    Vixe!!!!!!
    E cada resenha que leio fico mais curiosa.

    cheirinhos
    rudy

    ResponderExcluir