segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Resenha #195 - Shari Anton - Por Decreto Real

Oie Gente!


Mês corrido dá nisso, até a resenha da maratona de banca fica pra cima da hora!
São 3 da tarde de domingo, eu acabei de abrir o livro e essa resenha é pra... amanhã...
Ok, tenho a facilidade de já ter lido o livro antes, mas não lembrava disso quando escolhi... e sim, se eu tivesse lembrado, não tinha escolhido de novo, porque, pela lágrima do santo livro, ô livro triste!


Por Decreto Real é um romance histórico, ambientado em 1100, que conta a história de Ardith e Gerard.
Ele é um lorde e ela  é filha de um e os dois tem um ano apenas para ficarem juntos e fazê-la engravidar.


Vocês sabem que históricos não são meus livros favoritos, mas esse (apesar de incrivelmente triste) é muito, muito bom.
Ela mostra situações que você consegue imaginar acontecendo na época onde o livro se passa, o que ajudou e muito a manter minha atenção durante a leitura.


Os personagens principais tem problemas bem condizentes com a época e é uma batalha maravilhosa a dos dois tentando continuar juntos.
Tudo de desgraça que vocês puderem imaginar acontece para manter os dois separados. Sequestros, fofocas, poções, mal entendidos... enfim...


Foi o único livro da Shari Anton que li, mas gostei muiiito dele.
Para quem gosta de romance histórico desse período é uma ótima pedida, viu?
Ou para quem gosta de um bom "desgraça pouca é bobagem"! hehehehehe


Confesso que fiquei tentada a colocar nessa resenha a conversa/fofoca/resenha/surto com a Elis no MSN enquanto eu explicava porque esse livro é uma "desgraceira maravilhosa", mas temos que manter uma aparência de normalidade. rsrs
Mas que aquilo ficou divertido, ficou! hehehehe
Beijos!!


Sinopse: Gerard de Wilmont queria, acima de qualquer coisa, tornar Ardith de Lenvil sua esposa. Mas e se ele e sua amada saxônica não fossem abençoados com o herdeiro que faria com que a união de ambos durasse para sempre?

Lady Ardith hesitou quanto ao decreto real que a tornava prometida de Gerard, barão de Wilmont, pois, embora ele sempre tivesse sido o dono de seu coração, ela sabia que o destino cruel não a fizera adequada para ser esposa de homem algum! Ela não podia se negar a cumprir o desejo do rei, mas sabia que seu casamento com Gerard estava fadado a terminar muito antes que ele imaginava!

4 comentários:

  1. Ba,

    Eu tenho esse livro, é lindo mesmo, vc sabe que é série  não sabe!?? kkkk

    Mas com certeza esse é o melhor, triste mas lindo!

    Eu como sou fã de carteirinha dos clássicos, adorei!

    ResponderExcluir
  2. Eu tenho esse livro Ba e como sou fã de carteirinha de clássicos tenho a série toda, esse pra mim é  o melhor com certeza, a capa adorei a e estória, apesar de triste é linda!

    Faby - Adoro Romances de Aracaju.

    ResponderExcluir
  3. Hum, eu adoro históricos, estou precisando ler um livro desses... vou atrás, com certeza...
    beijos,
    Dé...

    ResponderExcluir
  4. Ounhnh, fiquei bem curiosa depois da sua resenha, também sou fã de romances históricos e se for triste então....me ganha na hora, vou dar uma procurada no estante virtual pra ver se tem este livro. Tomara que eu dê sorte.

    Balaio de Livros,

    ResponderExcluir