domingo, 27 de novembro de 2011

Resenha #204 - J.D. Robb - Vingança Mortal

Oie Gente!

Depois de uma semana tão corrida que não li nem resenhei nada, finalmente tive uma noite de folga e pude sentar para resenhar.


E como prometido, vou dar continuidade as séries já lidas que não tiveram todos os livros resenhados. (eu sei, eu já disse isso. Mas é que são MUITAS séries fora de ordem... errr)


 Acho que a primeira coisa que precisa ser dito sobre Vingança Mortal é que ele, entre os primeiros livros da série, é o mais sangrento de todos.


Norinha estava em um "momento Dexter de ser" e o bendito tem sangue escorrendo da primeira até a última página.
Ela também resolve testar nossos nervos pondo a vida do nosso a-m-a-d-o-r-a-d-o Roarke em risco!


Vê se pode uma coisa dessas! Um assassino safado, que diz estar cumprindo as ordens de Deus, resolve que o Roarke é a encarnação do mal e merece a morte.
Nem preciso dizer que o carinha estava completamente pinéu, certo? Surtadinho da silva sauro, completamente maluco! E o desgraçado, que merecia ser preso numa sela bem pequenininha, cheia de torcedores barulhentos daquele time que não deve ser mencionado, consegue fazer nosso Irlandês tudebão sofrer como a peste!


 Esse também é um momento difícil para a Eve. Ela descobre algumas coisas sobre o Roarke que serão bem complicadas de lidar. A Nora mostra a lado mais violento do passado dele, mostrando que toda a finesse  que ele aparenta esconde um homem com um passado bem mais sombrio do que se imagina.


Norinha também responde uma pergunta muito importante e todo mundo vai ficar com pena do Summerset. Sim, isso mesmo que você leu. Até eu, que adoro as implicâncias dos dois, fiquei morrendo de pena!


No meu momento Dexter de ser, adoraria fazer picadinhos de certos personagens e certos momentos, mas na falta dessa oportunidade, confesso que usei de todo o meu conhecimento chulo e xinguei o assassino até não poder mais.


Por outro lado, tem a fofura do Kevin, que, como em todas as crianças nos livros da Nora, rouba a cena do momento que aparece até o final. Ele parece tanto com o que imagino que o Roarke foi quando criança que fiquei toda derretida por ele. hehehehe


Enfim, chega de falar do livro, ou vou acabar contando todos os melhores detalhes da estória!


Para quem está lendo a série desde o começo, prepare o coração, que Vingança Mortal é osso duro de roer para as aficionadas pelo Roarke!


Beijos!

11 comentários:

  1. Ah, todos os livros da série que eu li até agora que focam nele me fizeram sofrer um pouquinho! Eu sofri muito nesse e apesar de todas as minhas reclamações (hahahaha) eu também sofri baldes em Retrato Mortal. É estranho que nessa série você está sempre se emocionando de modos diferentes e eu adoro isso! 

    Beeeijos

    ResponderExcluir
  2. Nandinha, é por isso que mesmo depois de quarenta livros eu não enjoo! A Nora consegue se reinventar toda vez e nos fazer sofrer por um motivo diferente!
    Deus sabe que NYTD quase acabou com minhas lágrimas!
    Bjus!

    ResponderExcluir
  3. Nossa, eu chorei tanto que acabei com uma garrafa de água durante a leitura, para me hidratar de volta. Eu sofri muito com NYTD, muito mesmo, vontade de entrar no livro e dar colo para Eve. De um certo modo todos os personagens de cativam e muito, e vc sofre com eles sempre de modos distintos e não é toda a autora que consegue isso. Eu vou inclusive usar Natal mortal em um texto que vou fazer rsrsrs

    ResponderExcluir
  4. Oi, Bá!

    Gostei do "Momentos Dexter de ser" kkkk

    Tem alguns autores que precisariam desses momentos para escrever kkkkk

    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Vingança Mortal é de dar nos nervos! Fiquei querendo entrar no livro e não deixar que eles fizessem determinadas coisas, ajudar a Eve a entender o Roarke e até acalentar o Summerset que acho que é um bundão com um cabo de vassoura enfiado no... Como é mesmo que ela diz? rsrsrs Melhor deixar pra lá! =D

    Acho que esse é primeiro livro que mostra um pouco da vida do Roarke, mostrando porque ele é quem é hoje  e a relação dele com o Summerset, que é muito fofa!

    Adorei esse livro, como não podia deixar de ser!

    Bjs,
    @crislayne_df:twitter

    ResponderExcluir
  6. Só li Nudez, Glória e Eternidade Mortal.Só Deus sabe quando vou conseguir os outros livros.

    ResponderExcluir
  7. Eu fiquei assim mesmo!
    Acho que é por isso que simplesmente não da pra enjoar, né?
    Você e lê e lê e a coisa continua te encantando...
    Ai, ai...

    ResponderExcluir
  8. Menina, no @BEmpoeirada tá rolando um sorteio de todos os livros da série!
    Corre lá, quem sabe você ganha???

    Bjs!

    ResponderExcluir
  9. Você acredita que a primeira vez que eu li, eu impliquei tanto com o vilão que eu levei séculos para ler de novo?
    Sério! E só fui ler de novo porque aquelas cenas dos dois na Irlanda são tudefofo!

    Bjs!

    ResponderExcluir
  10. Eu vivo tendo "momentos Dexter de ser"!!!
    Já faz parte da minha realidade literária!
    Tenho até um post-it vermelho que grudo nos livrinhos nesses momentos huahauhaua

    Bjs!

    ResponderExcluir
  11. O Roarke pode até ser a encarnação do mal, mas eu adoraria conhecer este homem, rsrsrsr.
    Falando do livro, eu gostei da história, aliás esta série é ótima. Bjs, Rose.

    ResponderExcluir