segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Resenha #219 - Linda Lael Miller - Vidas Paralelas

Oie Gente!


Uns meses atrás estava louca procurando o livro do Morgan, da Lori Foster, para continuar o deleite com os Irmãos Buckhorn. Quando eu finalmente achei para comprar, veio junto o livro "Vidas Paralelas", de uma autora que eu não conhecia.
Coloquei o bendito livro na prateleira e esqueci-me dele completamente.
Umas semanas depois a Lil pediu para eu procurar uns livros no sebo e me passou o nome da autora Linda Lael Miller. Na ocasião não achei nada novo, mas acabei anotando o nome da autora no celular para futuras aquisições.
E na Saraiva [ah, Saraiva, perdição da minha vida] tinha outro livro dela, que acabei comprando sem nem mesmo ler o título.
Aí, sendo eu, eu, comecei a ler pelo que comprei na Saraiva... que é o último livro de uma série. ¬¬" [Gente, sério, já está ficando demais essa tendência de começar séries pelos livros finais!]


Quando percebi isso fui tentar descobrir mais sobre ela.
São quatorze livros que contam a estória da Família McKettrick desde o ano de 1884 até os dias atuais.
Infelizmente a Harlequin pulou muitos dos livros, então você vai ficar como eu durante as páginas iniciais: perdida.
Claro, a autora dá uma boa explicação sobre a família, mas seria tão mais legal se pudéssemos ter lido os quatro livros iniciais!
Eu adoro livros de famílias assim.
Normalmente não são grande fã de romances históricos, mas quando eles são bem escritos, têm uma boa pesquisa e contam a história de uma família, geração após geração, não resisto.
Mas divago...


Sierra McKettrick e seu filho, Liam, vão para o Triple M para o menino poder tratar a asma. Lá, conhecem Travis Reid, um homem maravilhoso, mas completamente assombrado pela morte do irmão.


Eu confesso, eu queria pegar o Travis no colo e consolar o fofuxo! Ele é tão encantador!
E a Sierra, tadinha! Que vidinha de cão que a mulher teve!
Vejam bem, os McKettrick são ricos. MUITO. RICOS.
Mas a Sierra foi sequestrada pelo pai quando tinha dois anos de idade e teve uma vida de cão.
A mãe, desesperada, procurou por ela por anos, mas não teve sucesso em levar a filha de volta.
Então a menina viveu sem a mãe, com um pai que gostava mesmo era de se dar bem.
Ficou grávida de outro canalha e, ao menos no meio de toda essa falta de sorte, ganhou um presente maravilhoso: Liam.


Vocês sabem que eu adoro crianças em livros. Não me importa se elas são umas pestinhas, tímidas, sonhadoras ou gênios. No caso do Liam temos um pequeno superdotado, asmático e projeto de caubói.
Tão fofinho!


Quando Sierra e Liam chegam até o Triple M acabam descobrindo que não estão exatamente sozinhos lá.
Hannah McKettrick perdeu o marido durante a guerra e agora vive com o cunhado e o filho, Tobias, no Triple M.
Ela está presa entre o amor e a honra, já que está apaixonada pelo cunhado e teme o que ele poderá pensar dela quando descobrir.
Em um arroubo de paixão, Doss [que sempre foi apaixonado por ela] possui a cunhada e acha que finalmente poderá ter tudo o que deseja. Mas uma confusão [claro que tinha que ter uma confusão, ele é um homem *cof cof*] acaba afastando os dois, ao invés de uni-los.


Gostei muito do jeito que ela criou a parte sobrenatural, misturando o espaço/tempo e fazendo tudo parecer real.
Deu um toque ainda mais mágico aos dois romances e faz você ficar torcendo para que os personagens não repitam os mesmos erros.
É uma ótima pedida para quem quer o melhor de dois mundos.
Até!


Sobre a série:


A Lawman's Christmas 2011
McKettricks of Texas: Austin 2010
McKettricks of Texas: Garrett 2010
McKettricks of Texas: Tate 2010
A McKettrick Christmas 2008
The McKettrick Way 2007 - Do Jeito do Coração
McKettrick's Heart 2007
McKettrick's Pride 2007
McKettrick's Luck 2007
Sierra's Homecoming 2006 - Vidas Paralelas
McKettrick's Choice 2006
Secondhand Bride 2004
Shotgun Bride 2003
High Country Bride 200


Sinopse: Ao se mudar para o rancho de sua família, Sierra McKettrick não esperava se sentir tão atraída por Travis Reid, o responsável pela administração do local. Mas ela ficou ainda mais perturbada quando seu filho afirmou ter visto um garoto misterioso andando pela casa, ao mesmo tempo em que um bule de chá antigo começou a aparecer em lugares inesperados... Quando Sierra descobriu que, em 1919, a viúva Hannah McKettrick, sua ancestral, esteve na mesma situação em que ela se encontrava, começou a se dar conta de que a atração entre ela e Travis talvez fosse a menor de suas preocupações… Morando no mesmo rancho com o filho e Doss, seu cunhado, os sentimentos confusos de Hannah em relação a Doss e os problemas de saúde do menino ocupavam todos os seus pensamentos... Poderiam Sierra e sua ancestral estar vivendo vidas paralelas?

17 comentários:

  1. Oie.

    Que série gigantesca e desmantelada é essa? rsrs Nunca ouvi falar. Já ouvi sobre a autora e tenho até um livro dela em algum lugar no meu quarto mas não li!

    Bjs.

    ResponderExcluir
  2. Hehehe agora a culpa é minha, é?

    A Linda é ótima. Vc deveria ler a trilogis dos Irmãos Creed, que é ótima e, claro, bem mais curtinha. 

    A Harlequin é que fez lambança lançando os livros fora da ordem assim... Mas de todo jeito comprei esse livro esses dias, mas só Deus sabe quando lerei. 

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Ain... eu quero esse livro! rsrs
    Da Linda eu só li os irmãos Creed!! perfeitos!! ^^ fica a dica aí pra vc..

    a publicação da série tá um desmantelo! e como é q 
    a Harlequin  conseguiu fazer essa bagunça??

    ResponderExcluir
  4. Hahahahaha

    Como assim 14 livros?? Enormeee!
    Odeio quando fazem isso e publicam os lá do meio, os do final... AFF!

    Beijos gemula

    ResponderExcluir
  5. Hum, mais um livro que parece sucesso garantido. Gosto dos livros da autora e estou esperando ansiosa a trilogia dos irmãos Creed que falaram ser maravilhosa.
    Vou procurar esse também, pena não ser a série completa.
    Bjkas!
    Monique Martins
    MoniqueMar
    @moniquemar:disqus

    ResponderExcluir
  6. Oi Bá!

    Eu fiz isso no final de semana com um livro da Diana Palmer, não sabia que era série e peguei para ler um dos últimos hahahah

    BJs

    ResponderExcluir
  7. Eu também! Queria morrer quando descobri! u.u

    Bj

    ResponderExcluir
  8. Leia, eu adorei!
    Mas a série fora de ordem é de lascar!

    Bj

    ResponderExcluir
  9. Os Creed eu anotei!
    Tomara que encontre!

    Bj

    ResponderExcluir
  10. Deus sabe o que deu na cabeça da @harlequinbrasil:disqus Anotei a dica! Vou ficar de olho!
    Bj!

    ResponderExcluir
  11. Eu tbm achei que ela soube ''misturar'' muito bem as duas vidas, intercalando as histórias entre elas, ficou bem legal, torci demais para Hannah, ela merecia ser feliz, é um livro bem fofo!
    E mais uma série sem fim que quero ler! kkkkkkk

    ResponderExcluir
  12. Oi Bá!

    Eu tenho esse livro aqui na minha estante, quem me deu foi a Faby rsrs

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Genteee, 14 livros em uma série!  O.o Achei muito legal o fato da série ser beeem antiga e vir até os dias de hoje  :)

    Beijoos

    ResponderExcluir
  14. [...] Creed são uma ramificação da série As Mulheres McKettrick, que eu resenhei o primeiro e o segundo livros, mas eu confesso que ainda não fui conferir a ordem correta. Só sei que ele é [...]

    ResponderExcluir
  15. [...] na coleção “Estrelas do Romance” são primos dos McKettrick, dos livros “Vidas Paralelas” e “Do Jeito do Coração“, assim como parentes dos personagens da série [...]

    ResponderExcluir