quarta-feira, 8 de agosto de 2012

@MaratonaDeBanca #07 - Diana Palmer - Fora da Lei

Oláaaaaaaaa Pessoas!


Estou aqui, escrevendo da cadeia, pois fui presa por assassinato.
Isso mesmo, querido leitor: matei um morador de Jacobsville e o Xerife me prendeu em flagrante. E a culpa toda é da Diana Palmer!


Não que eu tenha tentado disfarçar ou me esconder, longe disso!
Fiz questão de matar essa criatura na frente de todos, vingando todas nós, pobres leitoras, que fomos enganadas, ludibriadas, passadas para trás e usurpadas do nosso direito de amar por esse cachorro sem vergonha desse Judd Dunn!


Ah, querem saber por que eu o matei?
Pois eu conto já:


1) O safado casou com a Christobel (que, senhor, sofre desde o nome horroroso) quando ela era pouco mais velha que uma criança, para que pudessem salvar o rancho onde viviam. Mas, apesar disso tudo, ele faz questão de deixar claro que não tem qualquer interesse nela e fica babando por outras mulheres na frente dela.
2) Ela faz todos os esforços possíveis para manterem o rancho (até de jeans rasgado ela andava) e ele, imbecil completo, deu uma joia de presente para uma atriz com quem andava agarrado pela cidade, no dia do ANIVERSÁRIO da Christobel.
3) Quando ela resolve pedir a anulação do casamento dos dois porque não aguenta mais ser feita de besta por ele, o que ele entende disso? Que ela está apaixonada por outro e quer se livrar dele por conta disso. E, então, passa a tratar ela pior ainda.
4) Ele ficou casado com ela durante anos, conhecia-a desde que ela usava fraldas, mas foi só um par de pernas bonitas aparecer e começar a distribuir sorrisos e dizer abobrinhas que o bocó caiu feito um patinho.


Diga lá, querido leitor, tive ou não motivo para assassiná-lo? Afinal de contas, não só a lealdade feminina exigia isso, como também minha necessidade de vingança!


"Mas isso é assassinato justificável", você deve pensar. Eu não devia estar presa, certo?
O problema é que foi um duplo homicídio. Também matei aquela pamonha daquela Christobel.
Veja bem, querido leitor, as mocinhas da Diana normalmente me levam à loucura. Mas a Christobel consegue me levar além da loucura.
Depois de tudo aquilo que o anta-sem-coração do Judd fez com ela, ela ainda levou um tiro para salvar a vida dela!
Eu teria deixado morrer. ¬¬"
E, pra piorar tudo, ela p-e-r-d-o-o-u aquele burucutú!


Estão achando que já acabou? Nããoo! A bocó ainda se descobre grávida e, ao invés de contar ao marido e dar uns tabefes na modelo-enxerida, ela resolve que vai se sacrificar e irá embora da vida dele, deixando que ele tenha o caminho livre para ser feliz ao lado da Tippy.


Jesus, Maria e José! É demais para a minha cabeça!
Precisei de uma válvula de escape e a única que encontrei foi atirar esses dois pela janela, junto com todos os outros personagens desse livro.
Tá certo que Jacbsville tem uns personagens loucos, piradões e totalmente tantãs, mas "Fora da Lei" é de bater os records!


Então se quiserem me ver, pelos próximos dias, só vindo aqui na cadeia me visitar.


SINOPSE - SKOOB - HARLEQUIN - SITE DA AUTORA
LAWLESS - GOODREADS


Beijos!


XXXXXX

17 comentários:

  1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Menina, como vc ficou agressiva..... só titia Palmeirão pra fazer isso com a gente, kkkkkkkkkkkkkkk

    Esse foi meu primeiro livro dela. O início de todo meu vício. Então sou suspeita pra falar, mas..... ah, vai, é claro que gostei do livro, né?! Mas é verdade, teve gente aí que merecia apanhar.

    Vem cá, já que vc já ia pra cadeia mesmo, não podia ter aproveitado e dado uma liçãozinha na Tippy tb não??? Eiiita que nesse livro é tá é muuuito periguete, benza Deus!!!! kkkkkkkkkkkkkk

    Vou ver se te visito na prisão e te levo uns biscoitos caseiros roubados dos irmãos Hart, hehe!!!

    =)

    ResponderExcluir
  2. Desse livro só se salva o poderoso, tudibom, perfeito e impecável Cash Grier. O resto é resto.

    ResponderExcluir
  3. A propósito, você entendeu a cena da lavanderia. Editaram tanto que ficou parecendo número de contorcionismo do Cirque du Soleil...

    ResponderExcluir
  4. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Adorei a resenha Ba, rindo horrores.
    É por essas e outras que eu tenho os dois pés atrás com a Diana...
    Espero que você saia logo da cadeia, hahaha.

    :*

    ResponderExcluir
  5. kkkkkkkkkkk
    Fiquei com vontade de ler só por causa da resenha, rsrsr.

    Bjoo e espero que consiga o "habbeas corpus", kkkkkkk

    Nome de seguidora: Gladys Freitas

    ResponderExcluir
  6. Eu só entendi porque quando eu li foi na naquele formato impronunciável, acredita???Aí eu consegui entender HUAHAUHA

    Bjusss

    ResponderExcluir
  7. Rindo muito da sua resenha Eve!!
    só entre nós: Amo esse livro, kkkkkk
    Você merece ser presa mesmo, como assim matar meu ogro Judd?
    Tadinha da Chris, só o nome já é um castigo, não precisava matar a criatura, kkk

    Da licença que to saindo de fininho antes de levar uma sapatada, *corre Leninha*, kkkkk

    ResponderExcluir
  8. Oi Su!
    Mas diz lá se dá para não ficar agressiva com esse livro?
    Ele é de fazer você subir pelas paredes de tanta gente tapada!

    Opa, adoro biscoitos! huHAUHA
    Mas cuidado que eles são capazes de te matar por conta de um punhadinho de biscoitos! XD

    Bjus

    ResponderExcluir
  9. Verdade, @bluebeta:twitter , o Cash nesse livro é um presente extra! S2

    ResponderExcluir
  10. Oie Ly!

    Ah, vah, mas o bom da DP é que ela sempre vai fazer você MORRER de rir! hauhauha
    Já pagaram a minha fiança, então já fui liberada. hihihihihi

    Bjuss

    ResponderExcluir
  11. Oie Gladys!

    Menina, leia. Leia que as risadas valem os momentos de fúria. ihihihih

    Bjuss

    ResponderExcluir
  12. huahuahuahaua
    Matei mesmo! Eles são muito burros, até pra personagens da Diana Palmer. hauhauha
    Pelo amor do santo livro, é muita estupidez pra um livro só! rsrs 

    Bjuss

    ResponderExcluir
  13. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    OTIMA resenha!! Adoreeei os trocadilhos...
    Muitooo justificavel seu crime!!
    Mas devia ter matado só o rapaz, uma vez q a mocinha está loucamente apaixonada e neste estado toda burrice é justificavel... :P

    Mas diga la, como termina esta historia??
    já q contou quase td, desembucha logo o final..^^
    Num guento esperar a leitura por descobrir...
    Qualquer coisa, manda privado! :D

    Bjs

    ResponderExcluir
  14. Que mocinho mequetrefe... mas como dizem tem o que se merece... daí vem uma mocinha pamonha e nada quentinha.
    É para acabar tendo um treco ou pirando e sendo levada sem nem sentir para o manicômio, pq eu leio, faço careta, resmungo, brigo, me acabo de rir... tô vendo o dia que acordarei no manicômio mesmo... então melhor ficar beeem longe desse Judd judiador...
    Concordo que se chamar Christobel, já é um sacrifício tremendo e desgosto.

    ResponderExcluir
  15. Tive uma síncope só de ler todas as barbaridades desse Judd, Deus do céu, não pretendo ler esse livro HUSAHUSHAUSHAUSHAUHSUA

    ResponderExcluir
  16. Ah, eu adoro esse livro! Sim, MUITA raiva do Judd mas aí nós somos presenteados com  o Cash! 
    Passar raiva? Isso é Tia Palmeirão, bebê! rsrsrs

    bjos!

    ResponderExcluir
  17. AHHH DELS! Foi o primeiro livro da Tia Palmeirão que li!
    *nostalgia*

    Aaah! Mas o bom é que a gente aprende a gostar da Tippy depois, né?!
    E claro, do Cash Grier... *suspiros*

    ResponderExcluir