quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Resenha #308 - Harlan Coben - Quando Ela Se Foi

Oie Gente!


Que eu adoro um romance policial não é novidade. Que eu curti e muito os livros do Harlan Coben, também não.
Que eu acho o Myron o cara mais atrapalhado de todos os tempos, menos ainda.
Mas dessa vez ele realmente me pegou de surpresa.


Normalmente quando o Myron se mete em alguma coisa, acaba em desgraça.
Alguém morre, alguém acaba ferido e alguém sempre termina o livro cheio de traumas.
A semelhança entre todos os acontecimentos ruins é que, apesar dele acabar um pouco arranhado, as piores coisas não acontecem diretamente com ele.


Dessa vez é diferente. Nesse,70% das coisas ruins que acontecem são com ele.
Ele apanha, é baleado, surrado, xingado e mais um montão de "ados", tudo para proteger a adorável Terese.


Vocês lembram que eu comecei a ler essa série ao contrário? Li primeiro o último, depois o primeiro e o segundo, aí o oitavo e agora o nono?
Então eu já conhecia a Terese, sabia quem ela era. Só não sabia como ela havia se tornado tão importante.


Preciso deixar claro que eu adoro a Terese. Detestava a Jessica tanto quanto a Esperança detesta e estava louca, louca para ver ela sumir da vira do Myron.
Nunca fiquei tão feliz quando isso aconteceu e, quando eles se encontram nesse livro, fiz até uma dancinha feliz depois do encontro. hihihihih


Alguns acontecimentos mencionados no livro me deixaram um pouco confusa, por terem acontecido nos livros ainda não lançados no Brasil.
Não é nada que tenha estragado minha leitura, mas causaram alguns momentos "Hein? Do que você está falando?".


Acho que como sou uma boa pessoa, também preciso informá-los que esse livro é bem mais dramático do que os anteriores. Rola até mesmo aquele debate: será que para salvar a vida de milhões, sacrificaríamos uma pessoa?


E é essa pergunta crucial que move o livro e que torna cada página uma emoção única.


SINOPSE - SKOOB - EDITORA ARQUEIRO - SITE DO AUTOR - SARAIVA - VERSÃO DIGITAL
LONG LOST - GOODREADS - BOOK DEPOSITORY - 1º Capítulo


9 comentários:

  1. Mais um do Harlan para eu almejar.... preciso começar minha coleção mesmo sabendo que esse mocinho é um trapalhão e favorito do Murphy. hahahaha

    ResponderExcluir
  2. Oi Bá!

    Realmente, esse é um dos melhores livros que já li dessa série o/

    Adoro os personagens, mas o meu favorito é o Win o/

    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Adoro os livros de Harlan Coben, li alguns poucos mas mesmo assim considero ele um dos meus escritores preferidos.Ainda não li Quando ela se foi mas já li algumas resenhas e gostei bastante
    Adorei a sua resenha
    Bjs
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Este autor escreve como ninguém. Quero muito ler este livro.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  5. O Win é tudo de bom!
    Mesmo dando um pouquinho de medo. O.O

    Bjusss

    ResponderExcluir
  6. Acho que o mais legal é ele ser tão trapalhão.
    Fica com jeito de gente de verdade que está tentando ajudar e se metendo em rolo huhauhauha

    Bjuss

    ResponderExcluir
  7. Espero que você goste dele quando for ler!
    Bjusss

    ResponderExcluir
  8. Oie!

    Ah, os livros dele me ganharam. Já estou louca para ler Refúgio, contando os minutos para comprar o meu!

    Bjusss

    ResponderExcluir
  9. Quero ler, preciso ter! Mas, primeiro... Preciso que a Arqueiro lance os demais! Não vou me meter nessa série desse jeito, tenho medo de surtar, rsrs.

    ResponderExcluir