segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Resenha #317 - Lissa Price – Starters

Oie Gente,


Essa semana eu resolvi pegar um dos livros YA que estão na minha pilha. Resolvi pegar Starters, da Lissa Price, por dizer em todo canto que é uma distopia, e nunca ter lido nada do gênero.

Não gosto muito dessas "subclassificações" literárias, então normalmente não reparo se o livro é dispotia ou qualquer outro termo estranho que estejam usando para os temas de sempre. Por conta dessa implicância não sabia exatamente o que esperar do tema distópico. Fui ler sem saber exatamente o que esperar, já que pra cada pessoa que me dizia que uma coisa ou outra deveria ser encontrada.

Peguei lá o livrnho, babei no mimo que veio no kit e comecei a ler.


A Callie, personagem central do livro, tem 16 anos e vive com o irmão, Tyler, e um amigo, Michel, em um prédio abandonado nos arredores de Beverly Hills, na Califórnia. Os três vivem escondidos, já que são Starters (pessoas menores de 19 anos e sem família), precisam ser adotados ou ficar sob a "tutela" do Estado.


Lá todo mundo que não é um Ender (idosos com mais de 100 anos, alguns meio malucos, já que acham natural alugar corpos) é totalmente contra as políticas do governo e, até mesmo alguns Enders, não concordam com as opções.

Achei mais estranho o fato do "vilão" não ser o Governo e sim uma empresa, a Prime Destinations, que é o local onde os Enders fazem o aluguel dos corpos.


Starters é um livro pós-apocalíptico, coisa que eu adoro.

No caso da série, todos os adultos morreram depois de uma Guerra. Absolutamente todo mundo que tinha mais de 20 anos e menos de 60 acabou morto, já que a guerra tornou-se biológica e apenas aqueles considerados crianças e os idosos foram vacianados contra a "arma".

Eu não entendi muito bem o que os tais "esporos" faziam, mas entendi que ele matou todo mundo.


Tenho que dizer que apesar de não ter terminado de ler com raiva dos personagens, não houve nenhuma grande afinidade.

É verdade que tudo o que precisava ter no livro estava lá, mas sabe quando algo não te encanta? Pois é, foi mais ou menos assim.


Massss, apesar desse pequeno detalhe, o que provavelmente vai agradar vocês é sair um pouco daquela receita de "mocinha bobinha precisa ficar sendo salva".

Essa mocinha se salva sozinha, sabe atirar em 62533482734 milhões de armas, pratica esgrima e ainda cuida do irmão caçula. (!!!!!!)

Provavelmente isso vá agradar os "paladares" mais adultos, que estão um pouco saturados daquela receita de garota-bocó-encontra-mocinho-mais-bocó-ainda-e-fica-no-chove-não-molha-o-livro-todo. XD




Beijos!


PS: Resenha editada depois das explicações da @LendEntrelinhas. hihihihihih


XXXXX

12 comentários:

  1. OI Bá!

    Eu ainda não li o livro ...

    Nem sei se vou gostar kkkk

    Bjs!

    ResponderExcluir
  2. Ainda bem que comprei meu exemplar na Bienal. Adoro distopias e estou super curiosa com Starters.
    Editou a resenha? kkkk
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Depois de tudo isso a gente pode resumir o livro em uma palavra: SONO. Tá com azar pra livro heim amiga! To lendo um ótimo da Nora, quer?

    ResponderExcluir
  4. Uma mocinha heroína!!! Melhor que uma mocinha donzela... acho legal quando apesar de pouca idade ela tem atitude!!! =D
    Eu ainda não li distopias.... mas tenho curiosidade....

    ResponderExcluir
  5. Sim. hauhauha
    Alterei umas coisinhas e uns pequenos detalhes. XD

    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Eu li uma aqui e outra acolá.
    Ainda não é meu estilo preferido. rsrs

    Bjuss

    ResponderExcluir
  7. Eu adoro distopias, mas essa não me atraiu muito, não sei por quê. E vi umas pessoas reclamando da construção da história... Vou esperar sair o próximo pra decidir se leio ou não.

    ResponderExcluir
  8. Uma coisa que me fez não gostar desse livro de primeira foi a capa. Pra mim, é uma criança, rs. Não curto livro em que as crianças são protagonistas. Sim, eu tive infância, mas não gosto de vê-la retratada! muahahaha

    Enfim, só leio se ganhar sem participar de promo! kkkkkk

    Bjs.

    ResponderExcluir
  9. [...] Apoio Novo Conceito – Starters + Conselho de Amiga + Um Amor Para Recordar + Um Lugar Para Ficar + Marcador de Um Lugar Para [...]

    ResponderExcluir
  10. Apesar de toda a propaganda em cima desse livro, tanto dos leitores, quanto da editora, ele realmente não me atraiu. E também não gostei da capa.
    Ultimamente tem aparecido muitos livros distópicos, mas esse não me atraiu.

    ResponderExcluir