terça-feira, 9 de outubro de 2012

Noraholicando #04 - Nora Roberts - Regressos

Oie Gente!




[caption id="attachment_4337" align="alignright" width="86"] Arte by @Blackburdelonely[/caption]

Hoje tem mais um Noraholicando para o especial #NoraDay.
O livro de hoje tem uma história engraçada.
Eu o comprei tem um tempinho e estava muito ansiosa para ler, já que os livros duplos da Nora Roberts normalmente tem histórias muito românticas.
Só tinha um probleminha: precisava terminar de ler "Beijos Roubados", porque me recusava a abandoná-lo.
Então depois de uma vida inteira um tempão eu finalmente consegui começar esse livro.


O Protetor
Estava ansiosa para chegar em "Canção do Oeste", mas  depois das primeiras páginas de "O Protetor" já estava totalmente encantada pelo clima do sul e a aura cajun dele.
Gwen Lacrosse volta para casa da mãe com um único objetivo: livrá-la das garras do mulherengo Luke Powers!
O que ela não esperava era que ele fosse absurdamente delicioso, insuportável e irritante e muito, muito teimoso.


O resultado disso é que eles passam o livro inteiro brigando, implicando um com o outro e se pegando pelos cantos! hauhauhaua
É um daqueles livros da Nora que você passa o tempo todo rindo dos personagens. Eles brigam, aprontam e garantem muitas páginas de diversão.
E a Nora ainda nos deixa o livro todo com a pulga atrás da orelha, sem saber se o Luke é uma delícia de homem ou um canalha completo.


 

Canção do Oeste

A leitura da segunda parte desse livro deu numa situação engraçada...
Vocês sabem que a Nora já publicou uns 200 milhões de livros, certo? E que eu tento ter todos eles.
Só que ela tem a terrível  mania de repetir o nome de personagens. Quando eu vi na sinopse de "Regressos", a palavra 'oeste' e o nome do mocinho 'Jake', pimba, enfiei na cabeça que era o livro que a Jacqueline MacNamara estava escrevendo em "Beijos Roubados".
Adivinhem só no que deu isso?
Passei o tempo todo reclamando da Nora. Não via qualquer sentido em nada daquilo, já que o livro da Jaqueline era histórico, parecia maravilhoso e tinha me deixado totalmente ansiosa para ler.
Tá, tá. Eu sei que o nome da personagem central do livro da Jacqueline é Sarah, mas eu não atinei para esse detalhe durante a leitura e que a confusão foi minha, mas quando eu terminei de ler (ainda sem ter percebido que 'Canção do Oeste' não era o livro que eu estava pensando), fiquei totalmente frustrada. rs
Só quando já tinha terminado e estava conferindo informações para fazer a resenha foi que percebi que a Nora tinha era repetido outro nome de personagem e me deixado completamente confusa por conta disso.


Não é que "Canção do Oeste" seja ruim, povos, pelo contrário. Ele é bem romântico, divertido e tem até um toque de conto de fadas, com a Samantha ficando presa no meio de uma nevasca e o Jake indo resgatá-la, carregando-a pelos campos sobre um lindo garanhão árabe. rs
Mas como é um livro bem pequeno, mal dá tempo de você apaixonar pelos personagens e aí ele já acabou. rs


Mas mesmo as duas estórias sendo pequenas o livro é tão divertido que valeram muito a leitura.
São românticos, suaves e sexies, com aquele jeitinho dos livros antigos da Nora que todas nós já conhecemos e amamos.

Beijos!

SINOPSE - SKOOB - HARLEQUIN BRASIL - SITE DA AUTORA - SARAIVA - CULTURA
HER MOTHER'S KEEPER / SONG OF THE WEST


4 comentários:

  1. As duas historias parecem ótimas, mas gostei mais da segunda. Amo uma historia de gente perdida na nevasca, e quando tem um mocinho montado em cavalo resgatando a pobre mocinha indefesa, eu gamo na hora!!!

    PS: amei o bonequinho apaixonado!

    ResponderExcluir
  2. Esse livro eu quero muito, participei de vários sorteios e não ganhei, aguardando uma promoção com precinho camarada pra adquiri-lo urgentemente. Oh! Que fofo esse bonequinho com corações hehehe.

    Até a próxima ;)

    ResponderExcluir
  3. Oi, Ba.

    Acredita que tenho esse livro e ainda não li?!
    Ganhei no blog da Ro e até agora me diz se o tempo me permitiu? Murphy do mal! :(
    Fiquei doida para conhecer essas duas histórias. Devem ser fofas como você falou e, como temos gostos parecidos, sinto que vou amar.

    ResponderExcluir
  4. [...] sei que vocês ainda devem estar rindo da confusão que eu fiz em “Regressos“, mas deem uma pausa nas gargalhadas para ler a resenha de “Fora da Lei”, que é [...]

    ResponderExcluir