segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Resenha #367 - Linda Howard - Reencontros - @BertrandBrasil

Oie Gente!


Resenhar 'Reencontros' foi uma das coisas mais difíceis que eu fiz nos últimos tempos.
Eu gostei tanto dele, mas tanto, que nada do que eu escrevia parecia expressar exatamente o quão intenso foi lê-lo.
Imaginem só:


Dois personagens fortes, decididos e apaixonados, vivendo uma situação impossível, daquelas de fazer o leitor soluçar junto com eles.


Milla Edge estava vivendo no paraíso. É casada com um homem maravilhoso, completamente apaixonada por ele e acaba de ter um bebê e está feliz como nunca imaginou ser. Até que um dia ela vê tudo desmoronar quando seu bebê é roubado de seus braços.


Dez anos se passam e ela agora ajuda outras famílias e descobrir o que aconteceu com suas próprias crianças, tentando, ainda, descobrir onde seu precioso bebê foi parar.
É durante uma dessas investigações que ela recebe uma dica anônima e acaba conhecendo James Díaz, um homem misterioso, com uma fama de assassino e um olhar mortal. Ele está caçando traficantes de humanos e os dois, juntos viverão a busca desesperada pelo destino do filho dela e de muitas outras crianças.


O livro é regado de cenas dramáticas, daquela que deixa o leitor soluçando de tanta dor. A Linda conseguiu projetar uma empatia tão grande nas palavras que até aqueles corações de pedra sentirão o peito apertar.
Mas não só de drama é feito o livro. As cenas românticas deles, as cenas dela com o ex-marido e até mesmo as cenas de reencontros são absurdamente incríveis. E, pra fechar, ainda tem vilões do tipo Odete Roitman, criaturas cruéis que vão partir o coração dos nossos personagens amadinhos e que me causaram desejos extremos de entrar no papel e matar cada um deles.


E depois de tudo isso  vem aquele final. Daquele jeito que te parte o coração e o remenda ao mesmo tempo, onde você suspira pelo que poderia ter sido, pelo que não foi e pelo que será.


Agora, vou contar uma coisinha para vocês: eu li esse livro logo quando ele saiu em inglês e só uns meses atrás eu descobri que ele havia sido publicado pela Bertrand. Aí resolvi reler e toda vez que os vilões apareciam, quando os personagens ainda não sabiam quem eles eram, eu xingava tanto, mas tanto, que vieram perguntar o que estava acontecendo comigo. rs


E se alguém for reler, duvido que não faça a mesma coisa!


O livro é maravilhoso, dramático, divertido, romântico, tudo junto e na medida certa. Apesar de não gostar de dizer isso, dessa vez preciso assumir que acho ele perfeito.
Recomendo!


SINOPSE – SKOOB BERTRAND BRASIL – SARAIVA - PONTO FRIO - CULTURA EXTRA - CRY NO MORE- GOODREADS - BOOK DEPOSITORY

Um comentário:

  1. Oi, Bá!
    Já recebi tantas indicações desse livro, mas nunca liguei muito... Acho que tá na hora de ir atrás dele né, já que parece ter tudo o que eu adoro num livro! o/


    Bjs!

    ResponderExcluir