terça-feira, 12 de março de 2013

Resenha #384 - Gillian Flynn - Garota Exemplar - @Intrinseca

Vocês sabem aquele tipo de livro que quando você termina de ler, mesmo que você não seja afeita a ele, você dirá um sonoro "puta que pariu!!!", cheio de pontos de exclamações mentais?


"Garota Exemplar" é exatamente assim.
Ele começa manso, lento, quase sem graça.
As páginas passam e você começa a perceber que alguma coisa está errada, que nada pode ser tão simples, e, como em uma cena absolutamente clichê, você percebe que aquela pessoa pela qual você estava torcendo, pela qual você estava se condoendo, morrendo de pena mesmo, é uma pessoa terrível, podre, feia e pode até ser considerada uma mentirosa desalmada.


E o seu quase tédio começa a virar uma ansiedade, uma necessidade de ver a pessoa ser castigada, de que as pessoas ao redor dela percebam que é ela, olha lá, ali na cara, cheia de mentiras óbvias e desconexas; você quase esquece que é um livro, dada a necessidade de justiça que a autora cria em você, a necessidade de ver a "pessoa ruim" ser colocada na cadeia, porque ela é uma dessas pessoas que causam pavor nas criancinhas na hora da história de terror.


E aí você chega ao meio do livro e você vê seu mundo (certo, dos personagens, mas isso é só um detalhe) virar de cabeça para baixo. É como descobrir que dois + dois não dá quatro, que chocolate não existe e que o mundo, afinal, é quadrado.


Nada mais faz sentido e você só quer saber, pelo-amor-de-todos-os-leitores-ansiosos, quem de fato fez todas aquelas coisas terríveis, ruins, ruins, ruins.



E aí você já está quase sem unhas, devorando as páginas como se fossem arrancar os livros das suas mãos desesperadas, precisando chegar ao *fim*, precisando saber que existe um final feliz, que alguém de fato é inocente... e aí você percebe que não, claro que não seria assim tão simples, claro que aquilo tinha que acontecer, porque um bom vilão está sempre, sempre três passos na frente de qualquer ingênuo leitor. Que tudo o que era ruim ficou muito, muito pior, e que o final é de causar crises de ansiedade e necessidade de um próximo livro, ao mesmo tempo em que você pensa "não, assim está realmente perfeito" e que ele acabou do jeito que tinha que acabar.


Eu adoro thrillers, romances policiais e coisas do gênero, e leio todos com absoluto prazer, mas raramente um me pega tão desprevenida quando esse.

Absolutamente surpreendente, com um vilão incrivelmente exemplar (rá, rá, não podia deixar sem a piada clichê) digno de todos os adjetivos que se puder imaginar.

Realmente, realmente, realmente ad infinitum, recomendo!

Beijos



41 comentários:

  1. Menina...vc é realmente extremamente exagerada...dramática mesmo...

    E é exatamente por isso que gosto tanto das suas resenhas....rsrsr

    Não tem aquela tentativa falsa de imparcialidade...é a sua opinião é pronto!...ehehehe

    Primeiro foi o Zeca (Camargo, pq eu sou muuito íntima ¬¬ haahha) e agora vc...conseguiram me instigar a querer muito, muito esse livro logo!!!....rsrsrsr
    Adoro livros desse estilo...e principalmente, adoro qnd eles conseguem me enganar..ahhaha
    Pq sim, eu tenho síndrome de Sherlock...e adoro mesmo qnd o autores conseguem não ser óbvios em suas histórias...coisa mais sem-graça desvendar o vilão no meio do livro...dá vontade largar a história no meio...rsrs
    Foi pra wish list =D

    Bjão.

    ResponderExcluir
  2. Não vejo mais graça e fazer resenhas sérias e comportadas. Se séria já me basta a vida real. XD

    Eu amei GE como não amava um thriller já tem um tempinho. Ele é na medida certa do terror para deixar qualquer um de cabelo em pé. O próximo do gênero vai ser "No Escuro", que dizem ser tão bom quanto. =D

    Bjus

    ResponderExcluir
  3. Meu Deus! Que resenha mais intensa! haha!
    Pelo que eu percebi aí a Garota não é tão Exemplar assim neh?

    Poxa vida, agora eu fiquei curiosa de verdade pra ler esse livro!
    Bejos!

    ResponderExcluir
  4. Me interessei logo por essa sinopse tensa, estou cada vez mais envolvida com thrillers psicológicos inteligentes. Parece que este é um livro assim.

    A violência doméstica e a sensação de impotência que muitas mulheres vivem é, infelizmente, uma situação real e mais comum do que imaginamos. As sequelas físicas podem exixtir, mas as psicológicas são inevitáveis. A violência emocional não perdoa, por isso o toc da personagem.

    Quero muito, muito esse livro.

    ResponderExcluir
  5. Adorei a resenha do Livro, essa garota realmente me interessou e estou louca pãara conhece-la um pouco mais

    ResponderExcluir
  6. Estão falando demaais nesse livro. Sempre leio as resenhas sobre ele, porém nunca li
    :( Estou louca pra lerr :D

    ResponderExcluir
  7. Nossa!!! Que resenha!! Não sabia nada desse livro, só que ele é um thriller, e eu amo um thriller. Se o livro possuir um decimo da intensidade dessa resenha vale apena ler com certeza.
    Meus parabens!!!

    ResponderExcluir
  8. Agora fiquei morrendo de vontade de ler

    ResponderExcluir
  9. Quem não se considera uma garota exemplar? Eu sou uma delas e provavelmente vou reconhecer alguns defeitinhos meus nesse livro.

    ResponderExcluir
  10. Menina, quanto entusiasmo! Mas é assim mesmo que acontece comigo às vezes, certos livros pegam bem fundo e forte e fazem a maior bagunça nos meus conceitos me levando a extremos. E é muito bom quando isso acontece. Quero ler esse livro com certeza.

    ResponderExcluir
  11. Sempre atrás de uma simples vida cotidiana há histórias que fazem fachadas.
    É assim que vejo a resenha de Garota Exemplar. O que poderá ser descoberto, o que poderá ter seu curso modificado, isso que me intriga!

    ResponderExcluir
  12. Quando eu vi a capa desse livro e também li a resenha disse pra mim mesma que precisava ler o livro. Li sua resenha e amei. Já marquei como desejado na minha listinha para ler.
    Maristela G Rezende

    ResponderExcluir
  13. Ah, eu adoro um bom thriller policial!! Ja enchi um pouco o saco de romancinhos açucarados (continuo gostando, mas minha taxa de glicose anda meio alta atualmente) e estou caçando bons romances policiais sangrentos para ler!

    ResponderExcluir
  14. Eu já tinha lido outras resenhas sobre o livro, e tinha gostado do suspense que tem sobre a historia, realmente é o livro mais comentado do momento, mas não quero criar muitas expectativas para não me decepcionar. Vou ler e tirar minhas conclusões.

    ResponderExcluir
  15. Eu tinha lido algumas resenhas, e nenhuma tinha esse outro ponto de vista critico construtivo a respeito do livro, acredito que sua resenha mostrou o lado negativo do livro, gosto de suspense e romance, a unica alternativa de tirar minhas próprias conclusões e observações é lê-lo.
    :)

    ResponderExcluir
  16. Quem resiste a um bom Thriller? Eu não!
    Ganhei o livro e estou louca pra ler, quero muito saber no que dá, as resenhas que li só me deixaram ainda mais curiosa a respeito dos suspeitos.

    ResponderExcluir
  17. Um dos melhores livros do ano! Com certeza vou querer ler, muito bom esse livro!

    ResponderExcluir
  18. Louca para ler este livro!

    ResponderExcluir
  19. Já vi falarem TANTO desse livro que fiquei mega curiosa, apesar de que, confesso, não gostei muito da sinopse dele...

    ResponderExcluir
  20. Mônica Oliveira6 de maio de 2013 07:59

    Tantas resenhas positivas do livro me deixou totalmente a fim de ler...sinto que será um daqueles livros que vc fica com muita raiva da pessoa que vc achou que deveria apoiar e terá várias reviravoltas...

    ResponderExcluir
  21. Ai! Vocês blogueiras me deixando na maior fadiga pra ler esse livro!
    É meio como uma novela, não é!? Quando pra você fica claro quem o vilão é realmente e ninguém na trama sabe. E você fica gritando com a tv sobre como o mundo é injusto.


    Tá na wishlist já faz um tempo. Necessito!

    ResponderExcluir
  22. Rafaela Saturnino6 de maio de 2013 18:59

    Eu estou muito curiosa para ler esse livro. Adoro thrillers e esse, sendo um dos mais comentando do momento só pode ser ótimo. Cada resenha que leio me deixa mais e mais ansiosa para lê-lo!

    ResponderExcluir
  23. Resenha muito boa, abordando pontos fortes do livro, despertando o interesse dos leitores, vale a pena conferir.

    ResponderExcluir
  24. Legal a sua resenha ... gostei do livro !!

    ResponderExcluir
  25. ELIZABETH MACHADO DE SALLES8 de maio de 2013 04:55

    Adoro livros com vilões e mocinhos e mocinhas.Sua entrosação com a história me deixou com aguá na boca pra ler logo de vez esse livro.Muito bom.

    ResponderExcluir
  26. Nossa você parece comigo:Vive as páginas,é os personagens.Esta resenha está ótima mesmo.você podia dar aula de "como fazer resenhas",você realmente foi no foco,ou melhor,no motivo de fazer uma resenha:deixar o leitor ansioso para ler o livro!

    ResponderExcluir
  27. Eu vou ler esse livro assim que acavr de ler Divergente, insurgente e O Lado Bom da Vida que já estavam em meus planos.
    Esse livro tem uma história bem interessante, e eu não vou deixar de ler.

    ResponderExcluir
  28. Comecei a ler a uns dias, é o tipo de livro que se desenvolve conforma vai lendo, ele fica bom conforme o desenvolver do mesmo, o começo é bem chato :/ quase dropei aushuash

    ResponderExcluir
  29. Nossa, adorei a resenha.... Adoro esses livros que a medida que a gente vai lendo, vai dando mais vontade de saber oo que acontece e mais ansioso fica pra saber o final do livro... Adorei a sua opinião sobre o final do livro... "história que te te faz soltar um “puta que pariu!!!”, cheio de pontos de exclamações mentais?


    Bjok

    ResponderExcluir
  30. Jullyana Santana de Matos14 de maio de 2013 17:49

    Amei a resenha, esse livro combina muito com meu estilo de leitura, adoro ler thrillers, romances policiais e afins, e esse é perfeito para mim!! Quero ler logo logo =)

    ResponderExcluir
  31. Tenho lido muitas resenhas positivas em relação a esse livro, e a cada uma delas, minha vontade de lê-lo só aumenta. Gosto dessas histórias em que tudo vira de cabeça pra baixo, e nós ficamos nos sentido os maiores idiotas do mundo. Rsrsrs
    Acho que a maior vilã nesse quesito é a autora, ou seja, cadeia pra ela. Rsrsrs
    Super curioso pra ler.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  32. VANNESSA QUEIROS14 de maio de 2013 19:18

    Nossa, só pela sua opinião já desperta uma certa curiosidade,muitas resenhas positivas nos blog e a divulgação da Editora intrínseca está causando burburinhos entre os leitores,ainda mais agora quer vai ser filme com Reese Whisterphoon.

    ResponderExcluir
  33. adorei a resenha. Já faz um tempo que quero ler esse livro, mas até agora não deu, rs. mas ouvi falar super bem, mesmo pessoas que não gostaram muito elogiaram a escrita,
    bjus

    ResponderExcluir
  34. Stephanie Remohi15 de maio de 2013 20:38

    Adorei a história desde o primeiro momento em que a conheci. Tenho certeza que me sentiria como você ao torcer por umas situações e ficar desacreditadas em outras, ver o quanto as pessoas podem ser injustas. Estou muito ansiosa para ler, quero muito saber o final desse mistério. Ótima resenha, beijos.

    ResponderExcluir
  35. Ansiosa para ler !!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  36. Achei muito interessante e fiquei louca para ler =*

    ResponderExcluir
  37. Capa em nada promete , li algumas coisas sobre ele , mas sem o menor interesse porque não conhecia a resenha e fiquei mega feliz de saber que ele promete muito !

    ResponderExcluir
  38. Já ouvi falar muitas coisas sobre o livro, e sempre fico cada vez mais ansiosa para ler. Ótima resenha, parabéns =)

    ResponderExcluir
  39. Me falaram muito desse livro já, quero muito lê-lo!

    ResponderExcluir
  40. Samantha (Samgirl)23 de maio de 2013 15:47

    Sei bem como é soltar" um sonoro “puta que pariu!!!”, cheio de pontos de exclamações mentais" haha, poucos livros conseguem que eu faça isso.
    A cada resenha que leio deste livro fico mais "quero ele agora", eu adoro esse tipo de história, onde o mistério domina, e você só percebe no final (ou quando já é tarde demais...).
    O começo da sua resenha me lembrou o filme a orfã, onde quem se fingia de inocente era na verdade uma vilã pirada C=
    Muito boa a resenha, gostei!

    ResponderExcluir
  41. MorandoNaBiblioteca23 de maio de 2013 17:53

    Estou muito anciosa para ler esse livro (:

    ResponderExcluir