segunda-feira, 8 de abril de 2013

Noraholicando #10 - J.D. Robb - Lealdade Mortal - @BertrandBrasil

Oie Gente!


Já que eu resenhei "Conspiração Mortal" umas semanas atrás, hoje eu vim com "Lealdade Mortal", que é outro dos livros da série que você começa a ler e não consegue parar.
Antes de falar qualquer coisa sobre o livro, preciso dizer que um dos personagens mais fofos já criados pela Nora é apresentado neste livro: Zeke!
Se eu não tivesse o meu Roarke (tirem os olhos, suas espertinhas!), eu diria que eu quero muito um Zeke pra mim!


Em "Lealdade Mortal" nos deparamos com um grupo terrorista chamado Cassandra, que como todos os grupos terroristas, tem certeza que sabe exatamente o que é melhor para a cidade de Nova York e para o mundo.
E a primeira demonstração de sua superioridade foi explodir um complexo de prédios, colocando a vida de Eve e Peabody em risco.


Quando eu li esse livro a primeira vez, muito tempo atrás, lembro que não consegui largar de jeito nenhum. Além de todo o terror que existe por conta dos atos de Cassandra, tem a absoluta doçura do Zeke se apaixonando e sendo uma mistura perfeita de príncipe encantando e Cavaleiro de Armadura Brilhante.


É bem bacana o quanto os outros personagens são explorados nesse livro mudando um pouco o cenário e  também outras facetas dos personagens fixos, como a Peabody interagindo com o irmão.


Outra coisa que eu adorei em Lealdade é que o final me pegou dão desprevenida quanto pegou a Eve.
Quando eu percebi que tudo era óbvio, vi que foi enganada tão bem quanto dos no próprio livro.
Mas a "cereja do bolo" é o final. É eletrizante como poucos e me fez cravar os dedos no livro enquanto virava as páginas!


Surpreendente, eletrizante e cheio de reviravoltas, "Lealdade Mortal" vai surpreender você do início ao fim.


Recomendo!


SINOPSE - SKOOB - BERTRAND BRASIL - SITE DA AUTORA - SARAIVA
LOYALTY IN DEATH - GOODREADS - BOOK DEPOSITORY

2 comentários:

  1. Estou simplesmente devorando esta série, não consigo parar de ler. Lealdade Mortal foi bem intenso, não via a hora de chegar ao final e saber como a Eve resolveria este caso realmente eletrizante e dramático.
    O que final hen! Mesmo sabendo que aquele não era fim, me vi ao lado da tenente passando força e energia positivas...rs.
    Eu caí de amores pelo lindo Zeke, sua doçura e inocência tocaram o coração!


    Bjos!

    ResponderExcluir
  2. Eu pretendo chegar nesse ainda esse ano. Deus é pai !

    ResponderExcluir