sexta-feira, 14 de junho de 2013

In Death Comenta #07 - Formatos de E-books

Oie Gente!indeathcomenta

Depois do post sobre o "Kobo Glo" algumas pessoas me perguntaram se eu tenho dificuldade com a conversão de alguns formatos de e-books para o epub, então resolvi fazer um post falando sobre quais os formatos eu compro nas livrarias e quais programas eu utilizo para convertê-los.


Para quem lê obras de domínio público, existe o problema da maioria delas ser fornecida em PDF.
O site "Domínio Público" é uma ótima fonte de livros, mas todo o acervo dele está naquele formato que, como dito no post sobre o Kobo, não é um bom formato para e-readers, apesar de ser o formato perfeito para computadores.


Para resolver esse problema eu uso dois programinhas: o Mobipocket Reader (versão 6.2) e o Calibre (sempre na versão recente).
O problema é que na hora de converter alguns formatos (como o PDF) para epub (no caso do Kobo) ou para Mobi (no caso do Kindle) utilizando o Calibre, eles ficam completamente desconfigurados, com linhas aparecendo nas quebras de páginas e a estrutura de texto fica perdida.


Primeiro vou mostrar para vocês como converter no Mobipocket Reader e depois como adicionar e converter no Calibre.


Vá até o site do Domínio Público e faça o download de algum livro disponível no acervo.
Salve o arquivo no seu computador.
Agora instale os dois programas de acordo com as suas preferências. Eu, como nenhum deles vem com programas extras, simplesmente dou avançar (next) até o final da instalação e uso as configurações padrões dos dois programas.


Agora abra o Mobipocket Reader e ele exibirá a tela padrão do programa.




[caption id="" align="aligncenter" width="399"] Clique na imagem para amplia-la.[/caption]

Agora Vá até a pasta onde está o arquivo PDF que você baixou do "Domínio Público".
Selecione e arraste o arquivo para dentro do programa.


A vantagem desse programa é que ele converte até 300 arquivos de uma vez, sem precisar de qualquer outra ação sua.

[caption id="" align="aligncenter" width="414"] Clique na imagem para amplia-la.[/caption]

Aguarde até o livro aparecer na tela e pronto, o seu PDF está convertido para o formato MOBI, que pode ser lido no Kindle perfeitamente.




[caption id="" align="aligncenter" width="433"] Clique na imagem para amplia-la.[/caption]

O mesmo procedimento você pode fazer com vários formatos de arquivo de texto disponíveis. O único que ele não converte diretamente é o "LIT", mas pouquíssimas livrarias ainda trabalham com esse formato.


No entanto para quem vai ler no Kobo (como eu) o Mobi ainda não é o arquivo perfeito.


Vá até o Calibre, clique em adicionar livros e navegue até a pasta criada pelo Mobipocket. Se você usou as configurações do programa, a pasta deve ter o nome de "My Ebooks" e estar dentro de "Documentos". Selecione todos os arquivos que você converteu e depois em "Abrir".


Aguarde o Calibre adicionar à sua biblioteca antes de iniciar o próximo passo.




[caption id="" align="aligncenter" width="456"] Clique na imagem para amplia-la.[/caption]

Agora você irá converter os arquivos do calibre.
Para quem vai ler no Kobo e precisa converter para epub, existem duas maneiras de fazer isto. Converter os arquivos em massa, que converterá todos os arquivos de uma única vez, ou converter individualmente. As duas opções ficam no ícone "converter arquivos" e na tela exibida pelo programa você poderá escolher o formato de saída, cor das fontes, etc.




[caption id="" align="aligncenter" width="456"] Clique na imagem para amplia-la.[/caption]

Eu deixo sempre o formato epub e a configuração padrão do programa, que funciona perfeitamente no Kobo.


Ele vai converter seus arquivos e arquiva-los nas pastas dos autores.
Agora conecte o e-reader ao computador, espere o calibre identifica-lo, selecione os arquivos que você quer enviar para ele e clique em "enviar para o dispositivo".


Depois os seus livros para o seu e-reader, vá até o Mobipocket, selecione todos os e-books exibidos dele e delete-os, para evitar arquivos duplicados no seu computador.


E pronto, agora e só aproveitar!

8 comentários:

  1. Oie Ba!
    Todos esses softwares são ótimos para converter um ebook que já temos. Mas o que as pessoas ainda não sabem, é que qdo um profissional vai diagramar um livro que será impresso, ele vai criar um projeto grafico para a experiência da leitura ser a melhor possível.
    Ao converter simplesmente, a diagramação, tudo, fontes, índice, ficam comprometidos, pois ao diagramar um ebook, é preciso um novo projeto gráfico.
    Por exemplo, as fontes devem ser open source, ou ter licença de distribuição. E para cada tipo de dispositivo, iPad, tablet, e-readers, é feito um projeto gráfico diferente. Se for uma tela de sete ou dez polegadas, é uma diagramação para cada uma.
    Isso para proporcionar uma leitura mais agradável.
    Falei essas coisas todas, para que saibam o motivo de um ebook não ficar tão perfeito ao convertê-lo em casa, pois a diagramação foi feita para o papel ou para outro dispositivo.
    Por isso ao comprarmos um eBook , pergunta-se se será em pdf, epub, mbi, pergunta-se tb na hora da compra, se é um tablet, iPad etc.
    E também, justifica em parte, porque editoras ainda não baixaram tanto o preço. Nem todo diagramador sabe criar um projeto gráfico para ebook, e imagine tb que ao diagramar para o papel é uma diagramação, para cada dispositivo, outra, ou seja são pelo menos 3 diagramações para cada livro. Isso não é barato.
    Não estou defendendo ninguém, pois livro impresso aqui é muito caro ainda :)
    Bom, seu post está tão bacana que não resisti , precisei falar um pouco, afinal é meu trabalho e tenho criado muitos projetos para eBook ultimamente.
    Até que enfim a era digital dos livros e e-readers está chegando por aqui.
    Bjkssss

    ResponderExcluir
  2. Ai Barbára, brigada mesmo...seu "tutorial" ficou tão completinho..mas ainda me restou uma dúvida: não dá pra converter direto de PDF para EPUB com o Calibre? Tem que converter primeiro p/ mobi pra depois pra epub, é isso? Ou assim é mais garantido que não "desconfigure" na hora da conversão?...

    ResponderExcluir
  3. A maioria dos arquivos que eu tentei converter de PDF para Epub deram defeito. Linhas no meio das frases, páginas com uma única palavra, etc, etc.
    De PDF para epub é melhor passar pelo Mobi primeiro.


    Bjs!

    ResponderExcluir
  4. É verdade, Rô!
    A ideia da post é dar uma ajudinha pro pessoal que está sofrendo na hora da conversão e que não tem a opção de escolher outro formato na hora de adquirir o livro.
    Quando existe a opção do tipo do arquivo o ideal é sempre escolher o que for nativo do dispositivo. =D


    Bjs!

    ResponderExcluir
  5. Oi, Ba.

    Seu post ficou ótimo! Muito bem explicadinho para quem não conhece.

    Gosto muito de ler no formato epub, mas infelizmente algumas conversões saem completamente desconfiguradas. :(

    ResponderExcluir
  6. Isto explica o preço e a falta de ebooks no Brasil. Tentei fazer uma compra na Wook Portugal de livros no formato epub. Fiz uma lista e no final quando já estava quase pagando veio a msgem:
    "Os ebooks serão retirados da lista pois este formato não tem autorização de comercialização para o Brasil". Mais ou menos isto. Então fica difícil, não é?. Estamos fora do planeta!
    Gostei da tua fundamentação Rosana.
    bj
    Cyntia

    ResponderExcluir
  7. Oi! Achei muito útil seu post, eu estava com alguma dificuldade nessa conversão, e não estava atinando qual era o problema. As dicas foram muito boas. Pergunta: ganhei um iPad, qual formato poderei usar nele? Tenho também uma dica: lelivros.us. Tem vários livros, de vários autores, em português e nos formatos pdf, mobi e epub. Obrigada!

    ResponderExcluir
  8. Oi!
    Eu USO ePub no iPad. O iBooks so lê sem problemad, assim como o kobo, o saraiva e outros programas do gênero.
    Obrigada pela dica do site. :)

    Bjs

    ResponderExcluir