terça-feira, 28 de abril de 2015

Terça Sobrenatural #51 - L. L. Raand - The Midnight Hunt


Oie Gente!
Finalmente, depois de meses, consegui me empolgar com uma série sobrenatural.
"Midnight Hunters" é uma série de romances que envolve todo tipo de sobrenatural que possamos imaginar, de autoria da L.L. Raand, pseudônimo da Raddclyffe, uma das minhas autoras favoritas, bem do ladinho da Nora Roberts.
Temos werewolfs, vampiras, werecats, fadas e mais alguns Praetern, todos lutando para terem seus direitos reconhecidos pelos humanos.
O núcleo central é a "alcatéia" Timberwolf, cuja Alfa, Sylvan, está enfrentando sérios problemas com humanas sendo infectadas pela febre lupina, indo parar em hospitais humanos e atraindo atenção indesejada para os problemas do pack.

Em uma dessas situações ela conhece Drake, um médica conhecida por colocar os pacientes acima de tudo, inclusive da própria segurança. Drake acaba sendo ferida por uma dessas pessoas infectadas e, ao contrário de seus pacientes, sobrevive.
Agora ela e Sylvan precisam, juntas, entender e superar as mudanças que surgirão em seus caminhos.

Quando li o primeiro livro da série "Midnight Hunters" foi amor imediato. Ela tem exatamente aquilo que eu gosto em um livro sobrenatural: sangue, suor e sexo, e a estrutura da série torna impossível não continuar lendo, já que é perceptível os ganchos deixados para livros futuros e a curiosidade em saber quem será o próximo amigo da onça a aparecer por lá.
É bem difícil definir quem é amigo e quem é inimigo, já que estamos falando das criaturas mais poderosas de todos os tempos, com uma longevidade que faz qualquer "Jeanne Calment" parecer uma recém nascida, o que torna a noção das pessoas de certo e errado um tanto quanto... nublada. Para eles certos comportamentos são totalmente aceitáveis se, em longo prazo, eles trouxerem benefícios.

Só tem uma coisa que eu ainda não consigo aceitar muito bem, mesmo depois de ter lido quase todos os livros da Raddclyffe, é que ela tende a cortar os livros logo após a finalização de uma batalha, mas não distante o suficiente para te deixar aproveitar a quietude.
Confesso que isso, até hoje, me deixa um pouco desconfortável. O que é um absurdo da minha parte, já que a Nora faz a mesma coisa em quase todos os livros dela.

Com uma boa dose de ação e romance "The Midnight Hunt" é a abertura perfeita de uma série incrível.


 SINOPSE:

What do you do when you wake up to a whole new life...with dangerous urges you can't control?
Medic Drake McKennan has never been good at following protocol, so she doesn't think twice about rendering emergency care when a young girl's life is at stake - even if the girl is in the throes of Were fever and any sane human should know better. It isn't the bright shining pain of the bite or even the wrenching agonies of the fever that convinces her everything in her life has changed. It's the way she feels about the blonde with the wolf-gold eyes leaning over her hosptal bed when she finally wakes up. Sylvan, the Alpha of the Adirondack Timberwolf Pack - the one female Drake can't have. And the only one she wants.

Nenhum comentário:

Postar um comentário